Câmara Municipal cria Comissão de Acompanhamento para Operação da PF

por Fernanda da Silva Guimarães publicado 23/01/2020 15h49, última modificação 23/01/2020 15h49
O Objetivo é acompanhar os desdobramentos da investigação que apura fraude na compra de medicamentos pela Prefeitura Municipal

 

Na manhã desta quinta (23), os vereadores da Câmara Municipal se reuniram, no Plenário da casa legislativa, para a criação de uma Comissão Temporária de Acompanhamento dos desdobramentos da Operação “Carona de Duque” realizada pela PF. O intuito é acompanhar as diligências da investigação de fraudes na compra de medicamentos pela Prefeitura Municipal de Nova Friburgo até o retorno do recesso parlamentar.

De acordo com o Presidente do Poder Legislativo, vereador Alexandre Cruz (Cidadania), a Comissão Temporária de Acompanhamento vai apoiar os trabalhos de fiscalização. “A Câmara Municipal de Nova Friburgo tem que estar atenta. Por isso, nós vamos criar, até o dia 04.02, esse Comitê de Acompanhamento visto que terão mais novidades essa semana. No que dependerem da Mesa Diretora ou da Presidência para qualquer ação que os senhores precisem fazer haverá total colaboração da casa.” E complementa: “A responsabilidade que recai sobre nós é muito grande. Não podemos ser omissos e a Câmara Municipal não vai cruzar os braços nesse momento. É um momento muito sério para a cidade.”

O vereador professor Pierre (PSB) ressaltou a importância da fiscalização do Poder Legislativo. “A gente sabe que a corrupção infelizmente está alastrada no país. Nova Friburgo, pelo menos, é uma cidade que se tem combate à corrupção. E não foi feita por elemento externo, vem da própria cidade, vem dentro do próprio legislativo. Aí é a questão do Poder Legislativo Institucional.”

A reunião que durou um pouco mais de duas horas contou com a presença de 17 dos 21 parlamentares do Poder Legislativo.